Roteiros

Pontos de interesse

» Oficina de Artes Tradicionais, Idanha-a-Nova;
» Fórum Cultural, Idanha-a-Nova;
» Largo do Pelourinho, Idanha-a-Velha;
» Torre dos Templários, Idanha-a-Velha;
» Lagar de Varas, Idanha-a-Velha;
» Antiga Sé Catedral, Idanha-a-Velha;
» Capela do Espírito Santo e de Santo António, Monsanto;
» Torre Sineira ou de Lucano encimada pelo Galo de Prata, Monsanto;
» Vestígios do Castelo, Monsanto;
» Vestígios do Castelo, Penha Garcia;

Parques temáticos

» Parque dos Moinhos de Água e Icnofósseis, Penha Garcia
» Complexo de Lagares do Azeite, Proença-a-Velha;
» Centro Cultural Raiano, Idanha-a-Nova;
» Complexo Monumental de Idanha a Velha, Idanha-a-Velha.

Locais para a prática de desporto

» Circuito de manutenção, Idanha-a-Nova

Locais de lazer nas proximidades

» Barragem Marechal Carmona, Idanha a Nova
» Praia Fluvial do Pêgo, Penha Garcia,
» Piscinas Municipais, Idanha-a-Nova, Zebreira, Ladoeiro, Termas de Monfortinho
» Campos de Ténis, Idanha-a-Nova;
» Pavilhão Gimnodesportivo, Idanha-a-Nova;

Natureza

» Parque Natural Internacional do Tejo, Naturtejo, Idanha-a-Nova;
» “Rota do Erges”, Termas de Monfortinho;
» “Rota das Minas”, Segura;
» “Rota dos Fósseis”, Penha Garcia;
» “Rota dos Barrocais”, Monsanto;
» “Rota dos Abutres”, Salvaterra do Extremo

Espaços internet

» Ciber - espaço, Idanha-a-Nova;

Eventos e festividades

» Romaria da Sr.ª do Almortão, 15 dias depois da Páscoa, Idanha-a-Nova;
» Feira Raiana, 29 de Julho a 2 de Agosto, Idanha-a-Nova;
» Feira Templária de Penha Garcia, 4 a 6 de Agosto, Penha Garcia;
» Festa N.ª Sr.ª do Calvário, 21 a 23 de Agosto, Proença-a-Velha
» Festa N.ª Sr.ª do Loreto, 28 a 30 de Agosto, Alcafozes
» Festival do desporto na natureza” em Zebreira;
» O Festival dos vinhos e licores” em São Miguel de Acha;
» O Festival das Flores” em Aldeia de Santa Margarida;
» Festival dos espargos criadilhas e tortulhos”de Alcafozes;
» Festival das músicas e tradições de natal”


 

Vida noturna

» Snack bar Esplanada;

» Café – Bar Astrolábio;

» Bar “O Charlot”;

» Casa do Benfica;

» Esplanada Jardim

» Bar Parque Samora, Barragem Marechal Carmona, Idanha-a-Nova

Gastronomia

» Enchidos da Regionais;

» Ovos Verdes;

» Queijos Regionais

» Miga de Peixe;

» Cabrito Assado;

» Ensopado de Borrego;

» Perdiz de Escabeche;

» Arroz de Lebre;

» Doces;

» Papas de Carolo;

» Arroz Doce;

» Farófias;

» Borrachões.

Natureza aventura
Idanha-a-Nova

Idanha-a-Nova: Da pacatez das terras à adrenalina das alturas

A Pousada de juventude de Idanha-a-Nova está segmentada como Natureza e Aventura, situada na zona antiga da Vila revitalizando e requalificando esta área de beleza arquitetónica.

Idanha-a-Nova acaba de ser classificada como Cidade da Música, no âmbito da Rede de Cidades Criativas da UNESCO.

O anúncio, feito em Paris, na sexta-feira, 11 de Dezembro, confirmou Idanha-a-Nova como a primeira localidade portuguesa a entrar no grupo de Cidades Criativas da Música. O Boom Festival, o Fora do Lugar - Festival Internacional de Músicas Antigas e o Eco Festival Salva a Terra são alguns dos mais representativos, entre os eventos dedicados à música que se realizam no concelho, onde as residências artísticas constituem outro facto de destaque no plano da intervenção cultural associada à música

O concelho de Idanha-a-Nova está localizado junto ao Rio Pônsul encontrando-se desta forma a meio caminho entre Lisboa e Madrid. Os Parques, os Miradouros, O Geoparque do Tejo Internacional e a sua vasta área protegida são palco dos mais incríveis cenários de cor e cheiro no desabrochar da natureza, fazendo-se sentir o rosmaninho e o alecrim e onde veados, lebres, perdizes ou raposas nos cumprimentam fugazmente. De visita obrigatória são as duas magnificas aldeias históricas do concelho, inseridas na grande Rota das Aldeias Históricas do nosso País, Idanha-a-Velha e Monsanto.
Idanha-a-Velha uma pequena aldeia com um passado Histórico grandioso outrora sede de concelho pautando-se pelos inúmeros e incalculáveis vestígios de tempos remotos, sendo denominada muitas vezes “Museu ao Vivo”.
Monsanto, considerado em 1938 como “Aldeia mais Portuguesa de Portugal” engalanada com o seu Galo de Prata na Torre Sineira, marco desta mesma denominação, aparece no cimo da encosta granítica onde as suas casas surgem como que espreitando entre os gigantes penedos onde, muros, quintais e ladeiras se abrem à nossa vista esculpidos na rocha e misturando-se na paisagem.
Apesar de estas serem consideradas o ex-libris do concelho, Penha Garcia surge um pouco mais ao lado de Monsanto apresentando o seu imponente Castelo lá no alto vigilante em tempos de outrora.
Mas, não acaba por aqui, todas a freguesias apresentam particularidades únicas e recantos a descobrir sendo que este é o quarto maior concelho em área do País.

Roteiro

De Idanha-a-Nova partimos à descoberta da Beira Interior: Penha Garcia, Monsanto, Idanha-a-Velha, Monfortinho.

Não estás a ver bem onde fica Idanha-a-Nova no mapa? Nós ajudamos-te: que fica na Beira Interior já atrás dissemos, mas podemos acrescentar que fica no distrito de Castelo Branco, no Parque Natural do Tejo Internacional, à beirinha de Espanha e que por aqui se realiza o 'Boom Festival'. Já estás a localizar melhor?

Depois de veres onde Idanha-a-Nova fica no mapa, vem mas é ver a vila cá. E reserva pelo menos três dias. Idanha é pequena, mas à volta, num raio de 50 quilómetros, há muitas terras e lugares bonitos para visitar. E, querendo, algumas aventuras.

Nós, como é costume, começamos por pousar as malas na Pousada de Juventude. Em Idanha, ela fica bem na zona histórica. É um edifício antigo, todo recuperado e decorado de forma moderna no interior. 

Mesmo ao lado, tens a Igreja Matriz e o que resta do Castelo, que se pensa ter sido contruído por D. Gualdim Pais, da Ordem dos Templários, em 1187.

A panorâmica é espetacular, a perder de vista, para a campina de Idanha e as suas terras férteis, outrora conhecidas como "o celeiro da Beira Baixa". Aqui a vista é sempre bonita, mas ao fim-da-tarde é especial. Se puderes, vê um pôr-do-sol e tenta localizar, à volta, onde fica "a aldeia mais portuguesa de Portugal". Sabes qual é? Já lá vamos! Aproveita para ver também a Falha do Ponsul (um gigantesco degrau na paisagem).

Para já, queremos conhecer melhor a vila. Descemos até à Câmara Municipal. Ficamos a saber que foi construída pelo mesmo autor do Cristo-Rei durante o Estado Novo. Fixamos, depois, o olhar no Palacete das Palmeiras, cujo verdadeiro nome é Palácio Hermínia Manzarra. É um dos muitos solares bonitos que encontramos em Idanha e hoje funciona lá a Escola Superior de Gestão. Apesar de ainda não estarmos cansados, sentamo-nos numa das esplanadas ali à volta, perto do simpático jardim, a absorver as boas energias da vila.

Quando decidimos continuar o passeio, seguimos pelas ruas e vielas ao encontro dos antigos fornos de cozedura de peças de barro (era lá que os antigos guardavam dantes os seus bens preciosos, como o azeite).

A visita à vila não fica concluída sem uma entrada no particular edifício que alberga o Centro Cultural Raiano, onde há uma exposição permanente sobre a evolução da agricultura e dos seus utensílios.

Depois de explorarmos Idanha, é altura de partir à descoberta dos arredores. A aldeia mais portuguesa de Portugal fica a cerca de 25 quilómetros de distância e a um pouco mais de 750 metros de altitude. Monsanto (tinhas adivinhado?) surpreende com os grandes penhascos que foram aproveitados pelos habitantes para servirem de parede às suas casas. Também de lá do alto, do Castelo, a vista é qualquer coisa de espetacular.

E por falar em alturas, quem é fã de escalada pode deliciar-se em Penha Garcia, a 35 quilómetros de Idanha, onde há também um belo castelo para se ver. As rochas que esperam os mais destemidos chegam aos 45 metros de altura. E quem preferir ficar apenas a ver os outros escalar não se desilude com o cenário, onde cabem uma piscina natural, quedas de água e, aqui e ali, um velho moinho a aproveitar a água do rio Ponsul.

Mas há adrenalina mais perto de Idanha. Se preferires desportos náuticos a escalada, então segue a direção da Barragem Marechal Carmona, a apenas seis quilómetros de distância. Para o roteiro pelas aldeias históricas da região ficar completo, dá também um salto a Idanha-a-Velha e vê a sua Sé-Catedral.

No final, se tanta adrenalina pedir ao corpo descanso, não te esqueças que as Termas de Monfortinho estão ali bem perto e programas para relaxar não faltam. Se és daqueles para quem descanso é sinónimo de bem comer, na Beira Interior não vais ter problemas. Pergunta por criadilhas, espargos silvestres e tortulhos e delicia-te.

Pousada de Juventude de Idanha-a-Nova
Preço: Desde €11 por noite com pequeno-almoço incluído

(*) Este artigo foi escrito no âmbito da parceria entre o Jornalíssimo e as Pousadas de Juventude. 

Reserva já

Visitar Pousada

Subscreve a newsletter das Pousadas de Juventude!

Fica a saber tudo o que aconteceu, está a acontecer e vai acontecer num futuro próximo. Eventos, campanhas, borlas, passatempos, notícias de última hora... tudo e mais alguma coisa na newsletter das TUAS Pousadas de Juventude

Contacta-nos